Melhores Produtos Eletrônicos

Celular dobrável: conheça todas as opções do mercado

Celular dobrável: conheça todas as opções do mercado

Talvez você pense que celular dobrável é coisa do passado, mas isso é um engano. É verdade que esses modelos, no geral, no mercado brasileiro não são desenvolvidos, mas existem muitas possibilidades no mercado internacional e é só questão de tempo até chegarem no Brasil.

Tanto o celular dobrável quanto os flips (os que deslizam) continuaram sendo fabricados em diversos países, como no Japão e Coreia, mas os smartphones realmente tomaram conta do mercado e do gosto das pessoas. No meio de tantas tendências, os dobráveis voltaram adaptados e com novas tecnologias e interfaces que são de fazer cair o queixo. Abaixo você pode conhecer as opções do mercado.

Galaxy Fold, o celular dobrável mais cobiçado de 2019

Vamos começar com o celular da Samsung que está dando o que falar na Coreia do Sul. O Galaxy Fold é um celular tradicional de touch screen, mas ele pode ser aberto e fechado quando necessário sem cancelar nenhum aplicativo em funcionamento.

O celular pode rodar, simultaneamente, até três aplicativos que podem ser divididos entre a tela da maneira que o usuário achar melhor. Seu design e sua estética não deixam nada a desejar, pois ao mesmo tempo que consegue funcionar como um tablet menor, também funciona como um smartphone comum.

O Fold conseguiu esgotar suas vendas assim que foi lançado na Coreia, em setembro de 2019 e é claro que alguns brasileiros compraram e apresentaram o produto que demonstra ser excelente. Possui mais de 6 câmeras, é 5G, além de uma série de desempenhos. Infelizmente se encontra na faixa dos R$7,000,00 então não é exatamente em conta para todos.

ZTE Axon M Z999, um celular dobrável em conta

O modelo já possui mais de 2 anos de lançamento, mas demonstra ser muito atual. Embora não seja muito conhecido no mercado brasileiro, é bem utilizado no meio internacional. Ele é dual screen (isso é, duas telas) e as duas podem ser usadas simultaneamente em aplicativos diferentes.

O celular é atualizado para usar Android, então boa parte das pessoas saberiam como lidar com ele. Diferentemente do Galaxy Fold, o ZTE é mais em conta, custando por volta de R$1800,00, mas talvez você não consiga comprar em lojas nacionais.

LG G8X, um celular dobrável fácil de encontrar

É um celular fácil de encontrar nos mercados brasileiros, mas não é tão em conta por seu valor de aproximadamente R$ 5,000,00. Também permite que você dobre a tela e utilize aplicativos simultaneamente em ambas. Possui um sistema e interface inteligentes que podem proporcionar uma experiência dinâmica e completa ao usar o celular.

Em setembro de 2019, uma nova versão foi lançada, chamada LG G8X ThinQ que é mais completo e aprimorado do que a versão anterior e estará disponível no Brasil até o começo de 2019, no entanto, não se sabe a estimativa de preço.

Celular dobrável: conheça todas as opções do mercado

Veja também:

Motorola Razr 2019, a nova versão do V3

Um dos últimos celulares dobráveis, quando eram febre na época, era o famoso Motorola V3. Por um tempo ele foi o mais completo de sua época. Mas sabia que a Motorola relançou um novo modelo de smartphone completamente inspirado no V3?

O Razr 2019 não é exatamente um Dual Scree, e diferentemente dos outros modelos acima que dobravam na horizontal, ele dobra na vertical, exatamente como os modelos clássicos. Todo o conceito antigo é aplicado nesse Motorola, mas com o refino de tecnologias atuais.

Foi lançado por volta do começo de dezembro de 2019 e sua média de preço está por volta de 1200 dólares, cerca de R$5000,00 reais brasileiros, além de impostos e adaptações de mercado. É um dos celulares mais desejados do momento.

Celular dobrável da Xiaomi

A Xiaomi é uma marca de celular que vem conquistando cada vez mais fãs ao redor do mundo e o Brasil não é exceção, mas será que eles também vão acompanhar a tendência de mercado? Houveram alguns vídeos em novembro de 2019 com um novo celular dobrável da Xiaomi, chamado Mi CC9 Pro, mas é apenas um teste e o celular não possui data de lançamento.

Ele possui cerca de 5 câmeras e pode ser dobrado de inúmeras maneiras. É um protótipo de engenharia e o modelo, de certa forma, já está pronto, mas precisa de adaptações e aprimoramentos. Apesar disso, só de vê-lo já gera uma grande empolgação sobre o futuro.

Cabe aos fãs dos celulares da Xiaomi esperar o seu possível lançamento e torcer para que a empresa adéque o preço ao mercado brasileiro, já que ela é conhecida, justamente, por oferecer smartphones com preços amigáveis. É definitivamente algo para se ficar de olho.

FlexPai da Royole, o primeiro smartphone dobrável

É o primeiro smartphone dobrável que foi oficialmente à venda no mercado. Isso aconteceu por volta de fevereiro de 2019, mas foi o suficiente pra abalar o mundo dos smartphones e fazer as outras empresas não quererem ficar para trás.

Apresentaram o conceito de smartphone e tablet ao mesmo tempo e a ideia pegou. Tanto é que muitas empresas estão apresentando o mesmo conceito. Apesar disso, o FlexPai precisa de melhorias e só possui uma tela. De vez em quando seus usuários reclamam de problemas técnicos, mas ele não deixa muito a desejar se comparado com qualquer smartphone ou tablet.

A questão é que sua estética, design e interface não são algo tão surpreendente, mas isso não os tira da lista de celulares dobráveis de maneira nenhuma. Ele foi o primeiro smartphone comercializado e nada pode mudar isso. Seu valor é por volta de R$ 3000,00, mas você dificilmente o comprará no mercado brasileiro, o que deve fazer seu preço aumentar. Ele está disponível para compras na Amazon.

Sobre o mercado do celular dobrável

Já deu para ver que 2019 é o ano dos smartphones dobráveis e que essa é uma tendência que cresce a cada dia. Provavelmente mais e mais modelos desses smartphones serão lançados e, muito em breve, boa parte deles estarão em conta para a maioria das pessoas.

Outro fator é que as empresas estão tomando um lado mais original e enquanto uma empresa foca em ser Dual Screen e criar um celular como um livro, a outra busca criar uma única tela dobrável, similar ao papel, assim como a Motorola criou um modelo que remete ao passado e dobra de maneira vertical.

Cada empresa está criando seu próprio caminho e identidade no momento de construir o celular dobrável e em breve teremos muitas opções no mercado. Os smartphones serão tão distintas e todos poderão escolher uma que as agrada mais.

Comentar