Guia de Compras

TVs Roku valem a pena? Confira as vantagens e desvantagens

TVs Roku valem a pena? Confira as vantagens e desvantagens

Você já ouviu falar da Roku? Recém-chegada ao Brasil, a empresa americana (sim, para a surpresa de muitos, a empresa é dos Estados Unidos, apesar do nome japonês) já é bastante popular na terra do Tio Sam. Trata-se de um dispositivo de streaming de vídeo, que concorre diretamente com a Apple TV e o Chromecast, da Google.

Como o aparelho ainda é pouco conhecido entre os brasileiros, muitas pessoas se perguntam se as TVs Roku valem a pena ou não. O dispositivo está disponível em dois formatos e três modelos diferentes, além de acompanhar controle remoto. O principal diferencial é o de oferecer uma grande variedade de canais com conteúdo via web.

No entanto, por não ser comercializada no Brasil, podendo ser comprado apenas a partir de importação, a TV Roku pode deixar muitos consumidores com um “pé atrás” em relação às vantagens e desvantagens do produto. Afinal, as TVs Roku valem a pena mesmo? Valem a pena o investimento de comprar no exterior? Confira tudo neste artigo!

Veja também:

Vantagens das TVs Roku

TVs Roku valem a pena? Confira as vantagens e desvantagens

Algumas características positivas tornam os aparelhos de streaming da Roku vantajosas, inclusive, em relação às suas concorrentes. Leia, a seguir, antes de decidir se as TVs Roku valem a pena ou não:

Slot para cartão de memória e entrada USB

E a primeira vantagem em relação à Apple TV e o Chromecast é o fato e as TVs Roku virem com entrada para cartão de memória microSD e USB para conectar pendrives. Sendo assim, é possível utilizar o aparelho como servidor de mídia para assistir e escutar conteúdos baixados da internet, como vídeos e músicas.

Ao contrário do dispositivo da Google, por exemplo, em que essas funções só são possíveis a partir de um computador conectado na mesma rede Wi-Fi. Enquanto isso, na Apple TV, essa funcionalidade é praticamente impossível.

No entanto, vale ressaltar que o suporte para pendrive e cartão de memória só funciona nas versões Roku 3 e Roku 4, ou seja, os modelos mais caros da empresa.

Espelhamento de Windows e Android

Mais uma vez, as TVs Roku mostram que valem a pena e, ainda, saem ganhando da Apple TV, ao permitirem espelhar a tela do celular com sistemas Android ou computadores com Windows diretamente na TV.

Essa funcionalidade também é vista em dispositivos da Chromecast. Porém, diferente dos aparelhos da Google, as TVs Roku acessam a interface a partir de aplicativos próprios para elas, sem precisar usar o navegador Chrome.

A grande vantagem disso é a de poder visualizar na TV os aplicativos sem compatibilidade nativa com o aparelho, como é o caso do Instagram e Facebook, por exemplo.

Controle com entrada para fone

Presente em qualquer versão do aparelho, o controle remoto é um dos principais diferenciais das TVs Roku em relação ao serviço Chromecast. Apesar de a Apple TV também acompanhar um controle remoto, o mais interessante dos dispositivos da Roku é que, nas versões 3 e 4, este acessório permite ser conectado a fones de ouvido.

Esse detalhe é ideal para quem quer assistir a vídeos de maneira privada e sem incomodar as pessoas em volta. Enquanto isso, no Chromecast, esse recurso só pode ser obtido por meio de outros aplicativos, como é o caso do LocalCast, mas que, mesmo assim, não possui a mesma eficiência do controle remoto da TV Roku.

out of stock
as of 28 de setembro de 2020 06:36
TVs Roku valem a pena? Confira as vantagens e desvantagens Amazon.com.br
out of stock
as of 28 de setembro de 2020 06:36
TVs Roku valem a pena? Confira as vantagens e desvantagens Amazon.com.br

Desvantagens das TVs Roku

TVs Roku valem a pena? Confira as vantagens e desvantagens

Apesar de todos os prós mencionados acima, os dispositivos de streaming da marca Roku também trazem algumas desvantagens, que você deve levar em conta antes de decidir se as TVs Roku valem a pena ou não:

Recursos limitados

Como falamos no início deste artigo, as TVs Roku se tornaram populares principalmente pela variedade de canais via web. No entanto, essa pode não ser exatamente uma vantagem para os brasileiros, uma vez que a maior parte do conteúdo é bloqueado em terras tupiniquins.

Isso porque os serviços e TV via IP são permitidos apenas nos Estados Unidos e alguns países da América do Norte e Europa. Daí, a justificativa para a popularidade do aparelho por lá.

Aqui, essa restrição alcança até mesmo serviços famosos, como é o caso do Hulu, que ainda não desembarcou oficialmente em território nacional. Por isso, mesmo com a vantagem do atalho próprio no controle remoto, a plataforma de streaming não funciona conectada à internet no Brasil.

Importação

Outra desvantagem que pode pesar na hora de comprar uma TV Roku é que o aparelho, obrigatoriamente, só pode ser comprado por brasileiros via importação, uma vez que não é possível encontrá-lo disponível em lojas locais.

Portanto, para adquirir o dispositivo, é preciso acessar sites de e-commerce estrangeiros e, ainda, ter um cartão de crédito internacional, o que já retira do grupo de interessados muitas pessoas que não possuem esse tipo de cartão ou têm dificuldades em lidar com compras online no exterior.

Além disso, as TVs Roku, assim como muitos outros produtos de empresas gringas, estão sujeitas a um longo prazo de espera e taxação pela alfândega brasileira. Isso porque, diferente da Apple TV e outros aparelhos da marca de Steve Jobs, a fabricante Roku não opera no Brasil.

Sendo assim, o dispositivo de streaming não se beneficia de políticas flexíveis de importação. Além de taxas maiores para pagar, isto quer dizer também que nenhum defeito de fábrica no aparelho terá cobertura de garantia aqui no Brasil.

Preço alto

Além da burocracia da importação presente na compra de qualquer produto importado no Brasil, vale destacar que o consumidor também deverá pagar preços altos para adquirir as TVs Roku.

Para você ter uma ideia, a versão mais simples do aparelho, chamado Roku Streaming Stick, pode ser encontrada por valores a partir de US$ 50 (em média, R$ 216), em sites como a Amazon. No entanto, apesar de o preço parecer em conta a princípio, o frete pode sair bem caro.

No total, para levar para casa um Roku mais barato, você não gastará menos de R$ 500. E esses preços devem subir conforme a versão que você decidir adquirir, como é o caso dos modelos intermediários com suporte a vídeos em 4K, por exemplo, ou versões mais robustas ou com entrada para microSD, Ethernet e USB, fones de ouvido, etc.

Ou seja, o investimento no aparelho pode sair alto, a não ser que você tenha a opção de viajar ao exterior para comprar a sua TV Roku em uma loja estrangeira e trazê-la para o Brasil sem pagar frete.

Gostou de saber se as TVs Roku valem a pena ou não? Conhece alguém que queira conhecer mais sobre o produto? Compartilhe esse artigo!

Até a próxima!

Comentar